História do Município

A fundação do povoado que deu origem ao município está relacionada aos conflitos de terras entre brancos e índios na região durante os séculos XVIII e XIX. Nessas lutas, ficou famoso o padre Manuel de Jesus Maria, pelos novos processos usados no aldeamento dos Coroados e Coropos.

A povoação desenvolveu-se num vale ao longo do rio Paraopeba, região habitada por índios das tribos cropo e goitacá. O lugar era ponto de descanso de tropeiros que, certa vez, trouxeram uma imagem de São José e a deixaram numa prateleira do acampamento.

Assim, em torno da devoção dos que ali passavam em direção às cidades de Ubá e de Visconde do Rio Branco, surgiu o primeiro nome do vilarejo: São José da Prateleira, que posteriormente passou a ser denominado São José do Paraopeba. Chamou-se, mais tarde, São José do Tocantins, tornando-se município de Tocantins em 1948, com território desmembrado de Ubá.

Fonte: Secretaria da Cultura em : 1 de outubro de 1999

bandeira-tocantins